Coronavírus: CBV, clubes e atletas definem nesta semana futuro da Superliga

Reuniões ocorrerão nesta quarta e quinta-feira (18 e 19) para decidir sobre a Superliga A e B em ambos os naipes; paralisação do campeonato é estudado

O futuro da Superliga 19/20 será decidido nos próximos dias. Nesta quarta e quinta-feira (18 e 19), a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) irá se reunir com todos os clubes da Superliga e Superliga B para decidirem, por vídeo, o futuro da temporada da Superliga.

No último sábado (14) a CBV decidiu suspender o campeonato por pelo menos 15 dias para evitar a disseminação do novo corona vírus (COVID-19).

Leia mais: CBV determina portões fechados por tempo indeterminado na Superliga

Nas redes sociais, comentários e posts falando da suspensão e o fim da Superliga da forma que a classificação se encontra, tem se espalhado.

Por meio da assessoria de comunicação, a CBV confirmou as reuniões dos próximos dias e disse que “boatos vão ter vários, no momento”. A CBV também certificou que na próxima quinta-feira (19) deve comunicar a decisão tomada nas reuniões. Uma paralisação completa do campeonato não está descartada e a hipótese de adiar por mais tempo é a mais cotada.

Paralisação dos treinos

A maioria dos clubes paralisaram seus treinos de forma voluntária, como o Sada Cruzeiro, Vôlei Renata, Vôlei Ribeirão e Sesc RJ. Outras equipes ainda avaliam em reuniões a situação do novo corona vírus.

Em entrevista ao Web Vôlei, o técnico argentino Horácio Dileo, do Vôlei Renata, falou sobre a situação do COVID-19.

“Já não sei se não iremos voltar apenas na próxima semana. Há muita incerteza, o momento é muito delicado e temos de ser solidários. É um país com muitos milhões de habitantes, temos de tomar exemplo do que aconteceu na Europa, não deixar ninguém desprevenido. Se a gente se isolando socialmente ajuda a baixar a curva de contágio, é fantástico. Você vai ter contaminados por coronavírus, mas com isso serão muito menos. Temos de ser inteligentes, solidários, parceiros para poder ajudar. O vôlei aqui fica de lado, disse Dileo.

Segundo o Ministério da Saúde, em dados divulgados na tarde desta terça-feira (17), há 291 casos confirmados do COVID-19 no país e quase 9 mil casos suspeitos.

Por: Danilo Goes | CBV

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Pin It on Pinterest

Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram