Amantes do mata-mata: é hora de falar de copa

Semana foi de confrontos pelas Copas Nacionais

O ponto alto da semana foi copeiro, com um jogo em três países: Cruzeiro x Internacional na Copa do Brasil, na quarta-feira, e os outros dois em Colômbia e Chile; Junior Barranquilla x Bucaramanga e Universidad Católica x Santiago Morning, respectivamente, na quinta-feira.

Leia Também: Mais um dia de disputas em Lima

Na competição nacional, o Inter se mostrou forte ao bater o Cruzeiro por 1 a 0 fora de casa. Pelo lado celeste, crise profunda estabelecida, eliminação na Libertadores para o River Plate nos pênaltis no Mineirão, 12 jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro e credenciado à zona da degola, em 18º lugar. A derrota no primeiro jogo da semifinal foi o estopim para que o técnico Mano Menezes, 3 anos à frente do clube mineiro, fosse demitido depois de ser duramente contestado após os resultados ruins. O treinador deixou a equipe depois de dois títulos seguidos na Copa do Brasil, em 2017 e 2018. Já para os colorados só há motivo para alegria, a equipe gaúcha se mantém firme nas três frentes que disputa. Com gol de Edenílson no rebote cedido por Fábio após linda cobrança de falta de Paolo Guerrero, que parece viver uma das melhores fases de sua carreira, o Inter botou o pé na final, chega com moral para as quartas de final da Libertadores contra o Flamengo e segue bem colocado no Brasileirão, em 7° lugar, mostrando sua força e firmeza para ficar vivo em três competições.

Cetré comemora gol em primeira partida como titular.

Na Copa da Colômbia, o Junior Barranquilla recebeu o Bucaramanga pelo jogo de ida das oitavas de final e saiu vencedor por 2 a 0. Com o pé nas quartas, o Atlético Junior contou com gol de Edwuin Cetré, meia aberto que fez sua primeira partida como titular com a camisa do atual vice-campeão sul-americano, ainda aos 16 minutos. Pouco tempo depois, aos 23, David Murillo fez mais um para a equipe mandante que só controlou a partida até o fim e conseguiu sair com a vantagem.  Foi um jogo de duas equipes tentando se encontrar. Nenhum dos dois está bem colocado do Torneio Clausura da Liga Águila, campeonato nacional local. Junior tu papá, como é conhecido o time de Barranquilla, é apenas o 11º colocado, e despachou uma equipe com menos expressão ainda, na 17ª colocação.

Plantel Cruzado comemora a vitória.

Hora de falar da Copa do Chile, que também está em sua fase de oitavas de final. A parada para a Universidad Católica foi ainda mais fácil. Los Cruzados enfrentaram o modesto Santiago Morning, que joga a “Primera B” nacional. Uma partida com favorito, de Davi contra Golias, mas que teve sua lógica dada, seguida e compreendida. A Universidad é a melhor equipe do cenário chileno na atualidade. Atual campeã chilena, o clube lidera a tabela e corre para repetir o feito do ano passado, terminando com o caneco em suas mãos. Dentro de campo, Vargas, Sáez e Buonanotte deram a vitória por 3 a 1 diante de sua torcida, e com poucos sustos confirmou o favoritismo perante à equipe da divisão inferior.

Foto de destaque: Libertadores Instagram

Por: Apito Copeiro

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram