Brasileiros não confirmam o favoritismo e Peru faz a dobradinha na Maratona

Gladys Tejada e Christhian Pacheco fizeram prova forte e além da vitória para o país mandante, quebraram o recorde da competição

 

No primeiro dia com entregas de medalhas dos Jogos Pan-Americanos de Lima-2019, o Peru conseguiu grande resultado na Maratona de 42km. O país sede venceu a competição no masculino e no feminino, realizando a dobradinha da modalidade. No feminino, Gladys Tejada fez a prova em 2:30:55, quebrando o recorde panamericano que era de 2:35:40. Já no masculino, o vencedor foi Chrsthian Pacheco que concluiu a prova em 2:10:41, também batendo o recorde da que era de 2:12:43 e durava 36 anos.

Atletas peruanos venceram a Maratona diante da sua torcida – (Foto: @PanamSports)

 

A prova tinha como favoritos os brasileiros, que até começaram bem, liderando na parte inicial. Mas tanto Valdilene dos Santos, quanto Wellington Bezerra, não conseguiu manter o ritmo e ficaram para atrás no grupo e terminaram sem medalha.

Tendo começado primeiro, a prova feminina teve a participação de duas brasileiras e ambas pareciam que vinham forte para conquistar a medalha de ouro. Valdilene liderou o grupo até a metade da prova e se manteve no top 3 até os 30 km, mas após isso sentiu o ritmo forte e acabou ficando mais para atrás. Seu tempo foi de 2:34:20, que lhe garantiu o 6º lugar, melhor colocação entre os brasileiros. “Fiz uma ótima preparação e gostaria muito de ter defendido o título da Adriana Aparecida da Silva, mas não deu”, falou a atleta.

Andreia Aparecida também começou bem a prova, figurando no top 3 até os 25 km, mas a competidora também não conseguiu se manter e acabou na 8ª colocação. Após a prova atleta não segurou as lagrimas e se mostrou chateada com seu resultado. “Você termina a prova e aí vem um turbilhão de ideias. Estou há 40 dias fora de casa, fazendo de tudo para buscar uma medalha. Mas aí não rende, a prova começou lenta, depois ficou rápida. Foram muitas voltas, muitas curvas”, comentou, depois de terminar em 2:35:40.

(Foto: Divulgação)

No masculino o Brasil teve apenas um representante, mas a história foi parecida. Wellington Bezerra liderou a prova até os 25 km, mas após isso perdeu o lugar para o peruano e não conseguiu acompanhar o pelotão da frente. O atleta terminou a prova no 11º lugar, com tempo de 2:17:33.

O torneio de atletismo dos Jogos Pan-Americanos recomeça no dia 4 de agosto, com os 20 km marcha atlética masculina e feminina e astros como Caio Bonfim e Erica Rocha de Sena.

 

 

 

 

Por: Valdeir Militão  |  Foto de destaque: Divulgação/Pan

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram