Guto e Saymon vencem campeões mundiais e estão nas oitavas em Gstaad

Evandro/Bruno Schmidt e Alison/Álvaro também já estavam classificados para as oitavas; Andre e George caíram para holandeses

Guto e Saymon não ligam para favoritismos. Nesta quinta-feira (11), eles derrotaram os russos Viacheslav Krasilnikov e Oleg Stoyanovskiy – campeões mundiais no último domingo (07) em Hamburgo – por 2 sets a 0 (23/21 e 21/19), em Gstaad (SUI), etapa cinco estrelas do Circuito Mundial de vôlei de praia. Com a vitória, Guto e Saymon se classificaram para as oitavas do torneio suíço. Evandro/Bruno e Alison/Álvaro, que haviam vencido as duas partidas da fase de grupos, já estavam garantidos na próxima fase. Andre e George foram eliminados na repescagem.

Leia mais: Brasil perde Natália e leva virada dos EUA na final da Liga das Nações

“Semana passada nós os vimos na TV sendo campeões e hoje vencemos eles aqui em Gstaad. Os caras vinham num ritmo muito bom, acho que ninguém esperava que a gente fosse vencer esse jogo, pois ficamos quase um mês sem competir. Acredito que jogamos soltos, com alegria e isso foi um diferencial. Nos atentamos para os detalhes e essas vitórias vêm no detalhe”, comentou o defensor Guto.

Nas oitavas, Guto e Saymon enfrentam os suíços Heidrich/Gerson, nesta sexta-feira (12). Também nesta sexta, Evandro/Bruno Schmidt medirão forças contra os russos Liamin/Myskiv e Alison/Álvaro Filho duelam com os italianos – vice campeões olímpicos – Nicolai e Lupo.

Competição feminina

O Brasil também classificou suas duplas para o mata-mata no naipe feminino. Agatha/Duda e Ana Patricia/Rebecca venceram as duas partidas da primeira fase e avançaram direto para as oitavas.

Fernanda Berti e Barbara Seixas, Carol Solberg e Maria Elisa e Taiana e Talita vão disputar a repescagem no Round 1, amanhã (12). Às 6h, Fernanda/Barbara vão enfrentar a dupla da casa Heidrich/Vergé-Depré. No mesmo horário, Taiana e Talita vão pegar as italianas Menegatti e Orsi Toth. Maria Elisa e Carol vão lutar pela classificação as oitavas contra as chinesas Xia/Wang, às 5h (horário de Brasília).

A competição em Gstaad rende cerca de R$ 150 mil para os campeões dos naipes masculino e feminino. Ao todo, o torneio distribui cerca de R$ 2,3 milhões em premiação aos atletas, além de oferecer pontuação alta para o ranking internacional – 1.200 para os times vencedores.

Gstaad é um dos torneios mais tradicionais do Circuito Mundial de vôlei de praia, presente desde 2000, sem ficar nem sequer um ano de fora do calendário. Além disso, também é uma das paradas favoritas dos atletas, em meio ao verão europeu e com a arena cercada pelas montanhas. O Brasil foi campeão oito vezes no naipe masculino e nove no naipe feminino.

Foto de capa: Getty Images/FIVB

Por: Danilo Goes

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram