Uma festa impressionante marcou a volta do San Lorenzo a Boedo

O San Lorenzo joga, atualmente, em Bajo Flores. A volta a Boedo era aguardada por todos os torcedores do clube

Em 1908, a igreja do padre Lorenzo Massa concedeu a um grupo de jovens, “Los Formozos de Almagro”, um terreno para que os garotos jogassem futebol. Assim nascia o San Lorenzo. Em Boedo. No terreno da igreja San Antonio, do Padre Lorenzo Massa. O San Lorenzo é de Boedo.

Leia Também: Mais longa que o Mundial, Copa América 2020 terá formato inédito

Foi, ao menos, até 1979. A ditadura militar arrancou do clube seu estádio. Por dividas, o sangrento e cruel regime argentino obrigou o clube a vender sua casa ao governo militar. Pouco tempo depois, o espaço foi vendido ao Carrefour, que construiu o primeiro hipermercado no país. Os “Cuervos” tiveram de se mudar. E só encontraram um lugar, seu atual estádio, em 1994. Desde então, os torcedores do clube tentam voltar a Boedo.

 

A agoniante espera começou a se reverter em esperança em 2008, com Lei de Reparação Histórica, o clube conseguiu recuperar 4.500 metros quadrados do terreno. Mas a luta para conquistar o terreno pertencente a rede de mercados continuava. Em 2012, uma manifestação gigante na Plaza de Mayo, reuniu os “hinchas” do San Lorenzo. Todos em sintonia com a pauta mais importante do clube: Reconquistar Boedo.

 

Em novembro de 2012, depois de muita pressão, o clube conseguiu recuperar o terreno. Sua casa. Na última sexta-feira (28), a escritura do local foi assinada. Uma festa muito bonita foi feita para o evento. Milhares de torcedores do clube marcharam até seu antigo estádio para celebrar a volta. “Isso parece mentira, as minhas pernas tremem”, disse Adolfo Res ao Diario Olé. Res foi um dos responsáveis pela volta do San Lorenzo a Boedo depois de 38 anos. “É o evento mais importante da história do San Lorenzo”, disse o presidente do clube Matías Lammens.

O estádio já tem nome: Papa Francisco. Em homenagem ao pontífice que lidera a igreja católica desde 2013 e é torcedor fanático do San Lorenzo. Após vencer a Copa Libertadores, em 2014, o clube fez questão de ir até o Vaticano levar a taça para o Papa levantar.

O clube ainda não informou o que fará com o Nuevo Gasometro. E ainda não há previsão para entrega do novo estádio. A nova casa do San Lorenzo deve ter capacidade para aproximadamente 46 mil torcedores.

Foto de destaque: Franco Fafasuli

Por: William Faria

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram