Brasil derrota a Rússia e vai para a liderança da Liga das Nações

Com a vitória, a Seleção assegura classificação para a fase final em Chicago

São 11 vitórias em 12 jogos, o que coloca o Brasil na liderança da Liga das Nações de Vôlei. Não são só vitórias, mas o desempenho de um elenco vitorioso e com gana de vencer. Foi assim em mais um triunfo brasileiro, desta vez contra a Rússia, por 3 sets a 0 (25/17, 25/21 e 28/26), em pouco mais de 1h e meia de partida. Jogando diante de mais de 6 mil torcedores, em Cuiabá, o Brasil contou com uma boa atuação do conjunto para sair com o resultado positivo na noite deste domingo (23). O oposto Wallace foi o maior pontuador com 12 pontos.

Leia Também: Brasil luta, mas é derrotada pela França nas oitavas da Copa do Mundo Feminina

Torcida brasileira compareceu em bom número em Cuiabá: 6267 espectadores (Divulgação/FIVB).

O Jogo

Foi um primeiro set muito tranquilo para o Brasil. Após os pontos iniciais, em que as equipes vinham trocando pontos, o jovem time russo começou a errar em sequência. O ponteiro Voronkov, de 2,07m de altura, errou dois ataques seguidos, colocando o Brasil em vantagem pela primeira vez no set: 13/11. Com a vantagem, Douglas Souza enfiou o braço no saque, forçando outro erro do ponteiro russo: 14/11. Brasil com vantagem e na boa para seguir seu jogo e vencer o set em 25/17.

O Brasil parecia que ia vencer na boa a segunda parcial, mas não foi bem assim. O central Kurkaev dificultou demais a recepção brasileira que sofreu alguns pontos de saque. Além disso, o ataque russo melhorou. Mais no final, Bruninho acionou Lucão após um ótimo rali, quando o Brasil fazia 20/17 na parcial. Final de set em 25/21.

O terceiro set foi o melhor da partida. O levantador reserva Igor Kobzar, iniciou a parcial em quadra e modificou a forma de jogar da Rússia. Com bolas sempre na maior distância, os atacantes russos renderam e o Brasil foi sofrendo com os saques. Wallace levava um bloqueio para deixar a Rússia em três pontos de vantagem, no 15/18 e a Rússia chegava a mais um “ace” com Kobzar em 15/19.

Apesar da vantagem considerável, a torcida em Cuiabá animou os jogadores, que foram recuperar. Bruninho fazia um bom saque e Wallace empurrava a bola no bloqueio: 20/21. Kurkaev, em bola chutada pelo meio, deixou os russos em set point. Entretanto, o técnico brasileiro propôs uma mudança: saiu Bruninho e entrou Alan. Alan recebeu os quatro bolas finais, virando todas elas e ainda teve tempo para fechar o jogo, em ponto de saque: 28/26.

O Brasil assumiu a liderança da Liga das Nações, com 11 vitórias e apenas uma derrota.

Foto de destaque: FIVB

Por: Danilo Goes

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram