Marco e Esteban Grimalt faturam título da etapa de Doha no Circuito Mundial de Vôlei de Praia

Na final da etapa 4 estrelas, os primos chilenos bateram os americanos Phil Dalhausser e Nick Lucena por 2 sets a 0, com duplo 21/15

 

A dupla chilena formada pelos primos Marco e Esteban Grimalt foram campeões da etapa 4 estrelas de Doha, no Catar, no último sábado (16). Os chilenos bateram na final os americanos Phil Dalhausser e Nick Lucena, por 2 sets a 0, com parciais de 21/15 e 21/15.

Leia também: Maria Portela vai bem e conquista primeira medalha do Brasil no Grand Slam de Ecaterimburgo

Na disputa da medalha de bronze, melhor para os espanhóis Pablo Herrera e Adrián Gavira que derrotaram os poloneses Bryl/Fijalek, por 2 sets a 0 (17/21 e 21/23).

 

É o primeiro título de uma etapa importante (4 estrelas para cima) da parceria chilena, que está desde 2011 no Circuito Mundial e é treinada pelo brasileiro Paulo Moreira de Costa. Os primos chilenos conquistaram a etapa 3 estrelas de Sidney, na semana passada e viajaram por 14h para disputar o torneio de qualificação de Doha.

“Foram duas semanas loucas e estamos muito orgulhosos de nossa equipe, nossa família e nosso país. Eu não tenho palavras para descrever nossos sentimentos agora”, disse Esteban Grimalt em entrevista para a FIVB após a partida.

“Quando começamos no Circuito Mundial, há nove anos, foi conta Dalhausser (e Todd Rogers) e agora, muitos anos depois, nós o derrotamos em uma final. É um sonho que se tornou realidade para nós, mas queremos mais e continuamos melhorando”, completou Esteban.

 

O Jogo

A partida começou com Phil Dalhausser largando no fundo de quadra e com Marco Grimalt atacando para fora: 2/0 para a dupla americana. Os primeiros pontos foram equilibrados, com as duplas trocando pontos. Porém, com dois erros seguidos de Nick Lucena, os primos Grimalt abriram 8/5 no placar e foram mantendo a vantagem de 3 ou 4 pontos. Sem conseguir diminuir a vantagem, os americanos pediram tempo quando o placar apontava 18/14 para o time chileno. Pouco adiantou, pois na sequência, visivelmente desconcentrado, Nick Lucena fez um “dois toques” e deixou Marco e Esteban prontinhos para finalizarem o set. Um lindo bloqueio de Marco Esteban, em cima de Lucena, marcou o fim do primeiro set em 21/15.

A segunda parcial começou com grandes ralis. Dalhausser surpreendeu o bloqueio de Marco – atacando de segunda – para fazer 2/0. Mostrando estarem dispostos a levarem a final para o tie-break, o time americano fez 5/2 com ‘tocaço’ de Dalhausser em Marco. Dalhausser, bloqueando novamente, deixava a dupla dos EUA em vantagem de três pontos: 8/5. Mesmo perdendo por três pontos, a dupla do Chile não se abatia no set e continuava lutando. O esforço foi recompensado quando Marco bloqueou Lucena e encostou no placar em 11/10, obrigando Dalhausser/Lucena a pedirem tempo técnico. Dalhausser mandou um míssel no saque e Marco não conseguiu controlar, ‘espirrando’ a bola na rede, mas Esteban concerta com um lindo levantamento para Marco cravar na quadra adversária. Foi a virada em 12/11 para o Chile! Daulhausser sentia demais a partida e errou um ataque e um passe em sequência, para fazer 17/13 para Marco e Esteban Grimalt. Os chilenos estavam prontos para fechar o jogo quando Esteban puxou um ‘gancho’ de segunda para levar o primeiro título 4 estrelas para o Chile. Final de partida em 2 sets a 0 com duplo 21/15.

View this post on Instagram

🥇 en 🇶🇦⭐⭐⭐⭐ Vamos Chile mierda!!!

A post shared by Primos Grimalt (@primos_grimalt) on

 

Duplas Brasileiras

A dupla brasileira fez um jogo parelho com os campeões da etapa. (Foto: Divulgação/FIVB)

O Brasil foi representado por cinco duplas na etapa 4 estrelas do Catar. Ricardo e Álvaro Filho passaram da repescagem, mas foram eliminados ainda na fase de grupos com duas derrotas. Alison/André Stein e, a recém formada, Bruno/Evandro foram para a repescagem com um vitória e uma derrota, mas acabaram perdendo para Cherif/Ahmed (Catar) e Pedlow/Schachter, respectivamente.

Guto e Saymon e Pedro Solberg e Vitor Felipe foram mais longe. Venceram as duas partidas da fase de grupo e avançaram direto para as oitavas. Porém, pararam nela mesmo. Pedro Solberg/Vitor Felipe perderam para os russos Liamin/Velichko por 2 sets a 0. Já Guto/Saymon foram derrotados, de virada, para a dupla chilena – campeã da etapa. Marco e Esteban Grimalt fizeram 2 sets a 1 nos brasileiros, com parciais de 21/11, 12/21 e 10/15.

 

A próxima etapa 4 estrelas programada para o Circuito Mundial será em Xiamen, na China, entre os 24 e 28 de abril. Homens e mulheres competirão por lá.

 

 

 

 

Por: Danilo Goes  |  Foto de destaque: Divulgação/FIVB

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram