O radar de Tite

Falta exatamente 1 mês para os dois próximos amistosos da seleção brasileira contra os Estados Unidos e El Salvador em Nova Jersey e Washington, respectivamente. Após a decepção na Copa do Mundo, Tite e sua comissão técnica voltaram a  observar as partidas do Brasileirão, Copa do Brasil e Sul Americana.

Alguns alvos foram definidos, e por mais que não sejam ditos publicamente por Tite e seus auxiliares, fica cada vez mais evidente os nomes que estarão presentes na próxima lista que será divulgada dia 17 deste mês.

A começar pela defesa, Éder Militão, que acabou realizar sua última partida com a camisa do São Paulo e defenderá o Porto nesta temporada, é o jogador versátil que falta na seleção. Atua com a mesma regularidade jogando de zagueiro, lateral direito (setor carente na seleção e onde deve atuar) e volante.

Outro defensor é Léo Duarte. Este certamente impressionou Tite pelo segundo tempo que fez na partida entre Grêmio x Flamengo no empate em 1×1 pela Copa do Brasil. O zagueiro que passou a ter sequência ao lado do experiente Réver, vem tendo boas atuações e pode ser um dos nomes da renovação do sistema defensivo.

Quem também esteve bem nessa partida, foi o meia Lucas Paquetá, inclusive eleito o melhor em campo pela imprensa gaúcha. Ao lado de Arthur e Casemiro pode formar um meio campo não só consistente como o formado por Renato Augusto e Paulinho no início da “Era Tite”, mas também mais talentoso.

Por falar em Grêmio, Luan e Everton (Cebolinha) estão se destacando, principalmente Everton que parece ter caído nas graças de Tite. Isso porque estava previsto que Cleber Xavier, analista de desempenho da seleção, viajasse para a  Argentina, visando acompanhar Everton na partida de hoje contra o Estudiantes. Como Everton será ausência na partida de logo mais, a viagem foi cancelada e a comissão técnica assistirá pela tv.

Completando o ataque, aparece Pedro. O camisa 9 do Fluminense, artilheiro do Brasileirão com 10 gols e números impressionantes. Pedro participou diretamente de quase metade dos gols do Flu na temporada. O centro avante que cria, mas também faz gols, um estilo diferente de Gabriel Jesus, este muito bom jogador, mas que por insistência de Tite, tem ainda sua imagem desgastada pela péssima Copa do Mundo que fez. Pedro ainda não tem a bagagem de Jesus e Firmino, mas tem atuações e números que lhe fazem merecer uma convocação.

 

Estes foram os jogos em que Tite e sua comissão técnica estiveram após a renovação do contrato até a Copa de 2022:

Tite – Grêmio 1×1 Flamengo – Copa do Brasil

Matheus Bachi e Fernando Lázaro – Fluminense 2×0 Defensor – Copa Sul Americana

Cleber Xavier – São Paulo 0x1 Colón – Copa Sul Americana

Tite, Matheus Bachi e Thomaz Koerich – Botafogo 0x0 Santos – Brasileirão

Fernando Lázaro – São Paulo 2×1 Vasco – Brasileirão

 

 

 

Por: Felipe Lavor

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram