Jogando bem o primeiro tempo, Brasil leva virada e é derrotada pela Austrália na Copa do Mundo

Marta e Cristiane abrem 2 a 0, mas seleção brasileira não segura pressão adversária; Foord, Logarzo e Mônica (contra) fizeram os gols das Matildas

Parecia que seria uma tarde de quinta-feira (13) vitoriosa para as “Guerreiras do Brasil”. Foi um primeiro tempo convincente e de esperança de vitória após grande atuação da seleção brasileira, em Montpellier. Mas após a saída de Marta e Formiga, o Brasil parou de jogar, levou dois gols sem querer – Logarzo e Mônica (contra) –  e sofreu a virada da Austrália, saindo com a derrota, por 3 a 2, no segundo jogo da fase de grupos da Copa do Mundo.

Marta, com o gol de hoje, se iguala ao Klose como maiores artilheiros das Copas do Mundo. Além disso, a Rainha é a única atleta a marcar gols em cinco edições diferentes de Copa do Mundo.

O Jogo

Leia também: Austrália conta com talento de Sam Kerr para chegar ao primeiro título

Primeiro Tempo

19’ – A Austrália precisava do resultado por ter sido derrotada na estreia. Com isso, As Matildas partiram para cima das brasileiras que seguraram muito bem na defesa. Aos 19 minutos a Austrália reclamou de pênalti, mas após três minutos de checagem no VAR, a árbitra assinalou toque na mão de Yallop, no lance anterior.

27’ – Na sequência, o Brasil chegou forte ao ataque e Letícia foi derrubada dentro da área e o pênalti assinalado. Marta, quebrando um recorde, marcou seu décimo sexto gol em Copas do Mundo.

33’ – Sempre com cruzamentos, a Austrália chegou com perigo novamente. Primeiro afastado por Bárbara e depois por Andressa.

38’ – Goool do Brasil. Thamires fez bela jogada pela lateral, aplicando uma caneta na adversária, e tocou para Debinha cruzar na cabeça da Cristiane. Um belo gol brasileiro, bem armado, construído e finalizado com maestria pela artilheira da Seleção.

45’ +1’ – Nos acréscimos, Foord marcou após bobeada da defesa brasileira, diminuindo o placar antes de terminar o primeiro tempo.

Segundo Tempo

1’ – O segundo tempo começou com o Brasil sem Marta e Formiga e com Ludmila e Luana.

12’ – As “Matildas” vieram com tudo tentando o empate. O Brasil já havia chegado com perigo minutos antes, porém foram as australianas que fizeram o gol. Logarzo cruzou e nenhuma brasileira cortou, enganando a goleira Bárbara. Era o empate da Austrália.

20’ – Gol da virada australiana. Perdidas em campo, claramente sentindo a pressão do jogo e a falta das suas referências, a seleção brasileira levou o terceiro gol em mais um cruzamento na área. Mônica tentou cortar para trás e acabou cabeceando para o fundo das redes. A arbitragem até checou o lance, pois Kerr estava na disputa de bola, porém foi em vão.

29’ – Vadão foi para a última substituição tirando Cristiane e ponto Bia Zaneratto.

42’ – Nervoso e desequilibrado emocionalmente, o time brasileiro começou a fazer faltas e levar cartões.

50’ – A árbitra encerra a partida e a Seleção reclama demais da arbitragem. Quase no final do jogo, Andressa foi claramente puxada e derrubada em um cruzamento do ataque brasileiro. O árbitro de vídeo reviu e não chamou a árbitra do jogo para assistir as imagens.

Com o revés, o Brasil permanece na primeira posição do Grupo C, com três pontos marcados, mas deve ser ultrapassado pela Itália, que joga nesta sexta-feira contra a Jamaica. As meninas do Brasil voltam a jogar na terça-feira, contra a Itália, em Valenciennes.

 

Por: Danilo Goes| Foto de capa: Getty Images/FIFA

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram