Henry Cejudo vence Marlon Moraes e se torna o campeão do peso-galo

O americano consegue um nocaute técnico em cima do brasileiro. Valentina Shevchenko também vence e mantém seu cinturão do peso-mosca 

O aguardado UFC 238, em Chicago (EUA), neste sábado (8), entregou o que estava sendo prometido com duas disputas de cinturões. A primeira disputa ocorreu nos pesos-galo quando o campeão do peso-mosca e medalhista olímpico Henry Cejudo sobe de divisão para tentar se tornar um campeão duplo. O mesmo consegue um feito  histórico nocauteando o brasileiro Marlon Moraes no final do terceiro round.

Leia Também: Com hat-trick da Cristiane, Brasil bate Jamaica na estreia da Copa

Os fãs também esperavam um grande combate entre Valentina Shevchenko em sua primeira defesa de título contra a embalada Jessica Eye. O público  foi a loucura com um nocaute aplicado pela campeã logo no inicio do segundo round.

Henry Cejudo nocauteia marlon Moraes

Primeiro round o brasileiro conseguiu uma grande vitória parcial, boa movimentação, levou vantagem na luta em pé, conseguiu golpear mais e assim foi pontuando. Logo no segundo round, o americano acerta um direto de direita que deixa o Marlon desnorteado e o cenário foi mudando.

No terceiro round após muita pressão de Henry Cejudo, a luta ficou no chão, faltando menos de 20 segundos para acabar, Marlon Moraes não aguenta a pressão de sofrida e o árbitro paralisa o confronto decretando nocaute técnico. Sendo assim, Cejudo se torna mais um campeão duplo, se igualando a Daniel Cormier, Amanda Nunes e Conor McGregor.

Valentina Shevchenko mantém seu cinturão na categoria dos moscas

Fazendo o co-main-event e a primeira disputa de cinturão da noite, a luta entre as mulheres prometiam bastante. Jessica Eye tentava tomar o cinturão de Valentina Shevchenko. Jessica Eye tem a maior sequência de vitória dos moscas (3), venceu duas oponentes no primeiro round e tem três vitórias por nocaute. Valentina Shevchenko campeã do peso-mosca venceu seis opoentes no primeiro round e tem quatro vitória por nocaute e sete por finalização. 

Luta começou com um domínio da campeão, buscou o jogo agarrado, levou sua oponente para o solo e controlou muito bem o combate pontuando e conseguindo a vitória parcial. No início do segundo round, Shevchenko consegue um nocaute espetacular, uma canelada que acertou o rosto de Jessica Eye, que desmaiou ainda no alto. Com isso, a campeã consegue seu objetivo.

Valentina Shevchenko mantém o cinturão da categoria. Getty Images

Ferguson emplaca sua décima segunda vitória

Uma das lutas mais esperadas da noite, onde muitos fãs chegaram a dizer que seria o principal confronto,com duas lendas e  grandiosos lutadores do peso-leve. Donald Cerrone invicto há três lutas ocupa o quarto lugar do peso-leve, também é o lutador com mais vitórias no UFC (23) e com 17 prêmios por desempenho. Tony Ferguson vindo de lesão e oito meses sem lutar por problemas pessoais  e uma lesão, dividiu as apostas do duelo. O ex-campeão interino dos leves do UFC, tem a maior sequência de vitórias do leves (11) e com um poder de nocaute impressionante. 

O combate começou muito enérgico, ambos lutadores usando de sua experiência e habilidades. Donald Cerrone ganhou o primeiro round, mas Ferguson empata no segundo. Os médicos paralisaram a luta antes do início do terceiro round, por levar muitos golpes na vista direita, Cowboy ficou completamente impossibilitado da visão. Assim, El cucuy emplaca sua décima segunda  consecutiva e mira novamente no cinturão dos leves. A luta ganhou o bônus da noite.

Momento que a luta é paralisa pela lesão na vista de Cerrone. AP Photo/Kamil Krzaczynski (AP/AAP)

Petr Yan consegue sua quinta vitória seguida sobre Jimmie Rivera

O russo Petr Yan que ocupa a nona posição do peso-galo  vinha de quarto vitórias em quatro lutas dentro do UFC enfrentou Jimmie Rivera que não vinha de uma boa sequência, amargava duas derrotas consecutivas. 

A luta começou bastante movimentada e estudada, Jimmie Rivera vinha vencendo os dois primeiros rounds, mas no fim dos round Petr Yan conseguiu Knockdown e virou os rounds a seu favor. Os juízes laterais ficaram responsáveis pelo combate e decretaram decisão unânime  para Petr Yan que deu um passo gigante na categoria e agora tem cinco lutas e cinco vitórias dentro do UFC.

Blagov Ivanov 

Abrindo o Card principal da noite, tivemos uma luta duríssima e muito eletrizante contrariando as estatísticas dos pesos-pesados. O Búlgaro Blagov Ivanov que ocupa o décimo terceiro  lugar do ranking enfrentou o Australiano décimo primeiro  da categoria Tai Tuivasa.

Ivanov conseguiu um Knockdown no primeiro round e conseguiu pontuar mais que seu oponente, a decisão ficou nas mãos dos juízes laterais e a vitória foi decretada para o Búlgaro por decisão unâmine.

Card preliminar

Tatiana Suarez derrotou Nina Ansaroff por decisão unânime dos jurados

Aljamain Sterling derrotou Pedro Munhoz por decisão unânime dos jurados

Alexa Grasso derrotou Karolina Kowalkiewicz por decisão unânime dos jurados

Calvin Kattar derrotou Ricardo Lamas por nocaute técnico no 1R

Yan Xiaonan derrotou Angela Hill por decisão unânime dos jurados

Darren Stewart derrotou Bevon Lewis por decisão unânime dos jurados

Eddie Wineland derrotou Grigory Popov por nocaute no 2R

Katlyn Chookagian derrotou Joanne Calderwood por decisão unânime dos jurados

 

Foto de destaque: Getty Images

Por: Caio Quintella

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram