Brasil decepciona, e tem a pior fase da história no vôlei de praia em uma etapa de Circuito Mundial

Com as Olimpíadas de Tóquio as portas, o ciclo pré-olímpico para o vôlei de praia brasileiro encontra-se numa situação preocupante no momento

Este período alarmante deu-se na última etapa do Circuito Mundial de Vôlei de Praia 2019, sediada em Itapema (SC), entre os dias 14 a 19 de maio. Na ocasião, das 16 duplas inscritas no torneio (entre masculino e feminino), nenhuma sequer chegou as semifinais do circuito de 4 estrelas. Um fato que não ocorre há 32 anos na história do vôlei de praia do Brasil. 

Leia também: Brasil e Estados Unidos se destacam no início da Liga das Nações

No circuito, foram inscritos 8 atletas do masculino para a disputa do torneio, mas apenas os brasileiros André/George e Bruno Schmidt/Evandro chegaram até as oitavas de final, aonde foram sucumbidos pelas duas fortes duplas europeias. Com os resultados:

Kantor/Losiak (POL) 2×0 Andre/George (BRA) – (21/15 e 21/14)

Evandro/Bruno (BRA) 0x2 Varenhorst/Van de Velde (HOL) – (17/21 e 19/21)

No feminino foi menos desastroso, a dupla Ágatha/Duda passou pelas oitavas de final precisando fazer um duro jogo contra as espanholas Liliana e Elsa. A dupla campeã na etapa de 2018, fechou o jogo em 2 sets 1, com as parciais de  19/21, 21/17 e 15/13. Talita/Taiana sofreram menos e venceram as brasileiras Ana Patrícia e Rebecca em 2 sets a 0, com as parciais 21/16 e 21/13.

A crise na modalidade não é uma novidade no cenário brasileiro. Com o baixo investimento e infraestrutura no esporte e as constantes trocas de duplas, o entrosamento dos atletas leva um tempo para desenvolver-se nos treinamentos e futuros duelos. O que se entende, é que a preocupante queda de desempenho dos brasileiros pode acarretar em uma tenebrosa participação do Brasil em Tóquio no próximo ano. A corrida olímpica não para, e os brasileiras precisarão se reerguer e correr contra o relógio.

 

Por: Marko Costa| Foto de capa: divulgação CBV

 

You May Also Like

One thought on “Brasil decepciona, e tem a pior fase da história no vôlei de praia em uma etapa de Circuito Mundial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram