Festa gloriosa: Lorena brilha, Botafogo vence Blumenau e leva o título da Superliga B

Alvinegro derrotou o time catarinense por 3 sets a 1. Ambas as equipes garantiram vaga na Superliga A 2019/20

 

Acabou a espera. Após quatro anos na segunda divisão, o Botafogo garantiu o título e a vaga para a divisão principal do voleibol brasileiro. Na final, disputada na noite deste domingo (14), o Botafogo derrotou o APAN Blumenau por 3 sets a 1 (25/16, 22/25, 26/24 e 25/21) jogando no Ginásio Oscar Zelaya, no Rio de Janeiro.

Mesmo com a derrota, a equipe do APAN Blumenau conseguiu o acesso à Superliga 2019/20. Desde 2011 que o Blumenau não participa de uma Superliga A e estava há 4 anos disputando a Superliga B, sempre batendo na trave. É o mesmo caso do Botafogo, que finalmente consegue a classificação para a Superliga.

Leia também: Com trio em noite inspirada, Botafogo vence Pinheiro por 91×76 e inicia a série na frente

Após a partida nossa equipe conversou com o técnico Walner Santos que falou das tentativas da conquista do campeonato e o foco em almejar passos grandes na elite do vôlei brasileiro

“Com certeza, trabalhamos num clube de camisa, um clube tradicional, que vai chegar na Superliga A e vai ser cobrando porque tem uma história no voleibol muito grande. É um time que tem quatro títulos de campeonato brasileiro, então é um clube que tem obrigação de entrar para disputar. E as quatro tentativas faz parte do processo. Para quem tá sempre chegando ali, uma hora é coroado pelo trabalho que é desenvolvido. E não foi diferente aqui com a gente. Bateu na trave, mas agora é nosso, o título é nosso e vamos comemorar”, disse, com um belo sorriso no rosto, o comandante botafoguense.

 

O Jogo

O Botafogo entrou em quadra com garra de campeão. Sacando muito bem, rapidamente o time alvinegro tinha 6/3 no placar em https://twitter.com/DanGoes96 de Salles. Lorena, sempre gigante, já havia feito três pontos de ataque quando o placar ainda marcava 8/5. Lorena marcava no 9/6 e Lucas Salles no 14/9. Jamelão era quem mais tentava pelo lado catarinense. O ponteiro Cardozo também brilhou na parcial com vários pontos de saque e deixou o Botafogo na boa para fechar o set em 25/16.

Lorena volta para a elite do voleibol brasileiro, onde detém o recorde brasileiro de mais pontos marcados em uma única edição de Superliga: 699 – Foto: Vinicius Lima/Tabela Carioca

A segunda parcial teve o Botafogo imprimindo um ritmo forte. Lucas Salles bloqueou Matheus Celestino em 3/1 e viu Cardozo explorar o bloqueio após pequeno rali, no 5/1 para o Botafogo. O Glorioso mantinha uma vantagem de quatro pontos, com Robinho aparecendo mais e fez 13/8 com o central Mudo atacando no meio. Mas o Botafogo estacionou no décimo terceiro ponto, errando muito e deu a possibilidade do Blumenau encostar e voltar no set. O levantador Felipe acionava Matheus Celestino – na ponta – para deixar tudo igual em 16/16 e Jamelão, pela saída de rede, virava o placar para a equipe visitante: 16/17. O jovem ponteiro Celestino foi determinante para a vitória do set para o Blumenau e colocava mais um ataque no chão em 19/22. Além dele, Jamelão apareceu mais na partida também. Final de set: 22/25.

O terceiro set foi o melhor da partida. Foi uma verdadeira batalha! Pelo lado da equipe de Santa Catarina, o levantador Felipe acionava demais o ponta Matheus e o oposto Jamelão. Já pela equipe alvinegra, o levantador Gelli acionava bastante Lorena, pela saída, e o meio Lucas Salles. Lorena precisou atacar duas vezes para a bola finalmente encostar no chão (7/5). A vantagem não durou muito tempo, já que o ponteiro Kevin marcava um ponto de saque na linha e deixava o Blumenau na frente (9/10). Jamelão e Cardozo trocaram pontos no 13/13, mas o Matheus Celestino marcou novamente ponto de saque para a equipe do APAN (13/15) e o ponta Kevin sentava a mão no contra-ataque para abrir três de vantagem: 16/19. Na sequência, Felipe sacou chapado, a bola tocou na fita e caiu na quadra do Glorioso (16/20). O Botafogo precisava forçar o saque e o Robinho marcou seu nome na final. Com dois aces e várias quebras no passe do adversário, Robinho empatou a parcial em 20/20. E aí só deu Lorena! O oposto decidiu, virou todas as bolas no final do set e deu números finais a parcial em 26/24 para o Fogão.

No intervalo já dava pra sentir o clima do Ginásio Oscar Zelaya. A cada ponto Lorena pedia o apoio da torcida, que retribuía cantando demais e empurrando a equipe alvinegra. Lorena gritava com o levantador Gelli: “vamos ganhar, vamos ganhar”. Com esse clima o Botafogo entrou motivado após a reação no final do último set. Jamelão e Matheus Celestino erraram o saque, dando ponto de graça para o Botafogo (6/5). O central Arthur finalmente parava Lorena no 9/9 e Gelli invadia por cima, deixando o Blumenau com dois pontos de vantagem: 9/11. Na sequência, Mudo virou um contra-ataque para o Botafogo, a torcida cresceu no canto e o Blumenau se desestabilizou. Aos gritos de “ace” e “Lorena”, o oposto não decepcionou e marcou o ponto de saque para o alvinegro: festa da torcida botafoguense (13/11). A partir daí só deu Lorena. Gelli ainda bloqueou Bob no 18/13, mas foi Lorena quem virou a maioria das bolas no final da partida. A festa tava formada e aos gritos de “é campeão”, Jamelão errou o ataque para dar o título ao time do Botafogo. Final de set em 25/21, o Botafogo faz 3 sets a 1 e fica com o troféu de campeão.

O técnico alvinegro falou ainda da importância do trabalho feito na base.

“Você passando na base você vai aprimorando o trabalho de treinador, você vai ganhando experiência, vai vivendo. É claro que o adulto é um campeonato com qualidade técnica muito acima. Mas você vai ganhando confiança, até porque os atletas passaram na base comigo, então eu conhecia todos eles. Claro, menos o Lorena, mas pela qualidade dele ele conseguia se virar. Então acho que é fundamental para qualquer treinador passar esse processo da base, antes da chegada no adulto”, ressaltou Walner Santos.

Técnico do Glorioso comemorou muito a conquista – Foto: Vinicius Lima/Tabela Carioca

 

Pelo lado catarinense, o oposto da equipe da APAN falou com a nossa reportagem.

“É difícil perder uma final. Nós jogamos o primeiro set mal pra caramba, mas depois conseguimos empatar nos sets. Aí no terceiro set o número 10 (Robinho), ele foi bem no saque, ele fez a diferença ali nesse set. No quarto set a gente começou tomando quatro pontos, tentamos correr atrás. Jogar em casa faz a diferença pra caramba, com a torcida assim incentivando a galera. Mas valeu, parabéns ao Botafogo, parabéns a APAN também porque nós cumprimos o nosso objetivo que era subir (para a Superliga A) e agora nós vamos ver o que a diretoria vai fazer pra gente poder seguir a nossa caminhada”, comentou Jamelão, oposto de Blumenau.

 

 

 

 

Ao lado do Jamelão, Matheus foi a válvula de pontos da equipe de Blumenau. O ponteiro de 20 anos entrou no decorrer da partida – Foto: Vinicius Lima/Tabela Carioca

 

O Retrospecto

Na fase classificatória o Botafogo venceu todos os sete jogos disputados, passando em primeiro para as quartas-de-final. Nas quartas, o Glorioso enfrentou o APAV Vôlei, de Canoas (RS), e venceu os dois jogos por 3 sets a 0, avançando para as semifinais da competição. Na semifinal o adversário foi o Lavras Vôlei, de Minas Gerais, onde o alvinegro conheceu a primeira derrota na competição, levando em 3 a 0 lá em Lavras, mas revertendo a situação com duas vitórias no Rio. Após assegurar a volta à elite, o Glorioso veio para a final contra o APAN Blumenau para sair campeão brasileiro da série B.

Torcida botafoguense esteve presente em peso no Oscar Zelaya e comemorou muito a conquista com seu time – Foto: Vinicius Lima/Tabela Carioca

 

 

Por: Danilo Goes   | Foto de capa: Vinicius Lima

You May Also Like

One thought on “Festa gloriosa: Lorena brilha, Botafogo vence Blumenau e leva o título da Superliga B

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram