É campeão: Valinhos derrota Flamengo no tie-break e é campeão da Superliga B

Time rubro-negro chegou a reagir e empatar em 2 a 2, mas perdeu no quinto set e ficou com o vice campeonato

 

O Vôlei Valinhos é campeão da Superliga B Feminina de Vôlei. Jogando neste sábado (13), o time do interior paulista venceu o Flamengo por 3 sets a 2 (25/22, 25/22, 21/25, 20/25 e 15/13)  diante de sua torcida no ginásio Pedro Ezequiel, em Valinhos. As duas equipes já estavam classificadas para a Superliga 2019/20.

A ponteira Duda – de 20 anos – foi a maior pontuadora do Valinhos com 22 pontos. Pelo FlaVôlei, Angélica marcou 24 pontos e foi a maior pontuadora.

Leia mais: Opinião – A paixão não pode ser argumento para a violência

“Nosso time foi uma família desde o início do campeonato. Estou muito feliz pela minha atuação, mas tenho que agradecer a equipe e a comissão técnica. Esse título significa muito para o nosso grupo e para toda a cidade de Valinhos que abraçou esse projeto. Sabíamos que não seria fácil porque o Flamengo tem uma boa equipe e os dois times estão de parabéns por essa final”, afirmou a jovem ponteira Duda em entrevista pós jogo.

 

O que dizer neste momento?!? 😁 É CAMPEÃO. Obrigada a todos que fizeram parte desse momento. Obrigada a nossa FAMÍLIA. Todos juntos sempre ❤️🥇🏆✊🏼

Posted by Voleibol Valinhos on Saturday, April 13, 2019

 

O Jogo

O Flamengo começou o jogo bem mais atento na recepção do que na partida de semifinal. Rodando bem as bolas, o rubro-negro jogava solto, com a levantadora Rafa, diversificando as jogadas. Jú Mello, em bela jogada no meio, colocava o Fla em vantagem de cinco pontos: 6/11. Só que a vantagem não durou muito tempo. Com a oposta Fran crescendo no jogo, o Vôlei Valinhos empatou em 16/16 e virou com erro de ataque do adversário: 18/16. Daí pra frente as meninas do Flamengo se perderam e viram a jovem ponteira Duda, finalizar o set em 25/22.

O Flamengo sentiu muito a virada do Vôlei Valinhos no final do primeiro set e voltou dormindo na segunda parcial. Nandyala cometeu infração no sexto ponto de Valinhos, contra três do time carioca e logo depois, Dani Perê estava colocando no chão e forçando o tempo do técnico Alexandre Ferrante: 9/5. O Valinhos chegou a abrir 17/11 no set, mas o rubro-negro recuperou, empatou em 18/18 e chegou a virar no placar em 19/20. Porém o time errou três ataques em sequência no momento crucial, e viu a Fran dar números finais ao set em outro 25/22.

O Valinhos voltou para o terceiro set errando um pouco mais. O Flamengo sacava melhor e rapidamente abriu vantagem. Contando com grande atuação de sua oposta, o Flamengo fazia 9/16 com a própria, marcando ponto de saque. Angélica, marcando pontos em diversos golpes, fazia o Flamengo ficar na boa para fechar o set, que teve fim com ela mesma. Final de parcial em 20/25 com o Flamengo diminuindo na partida: 2 a 1.

A central Gabi Pena apareceu no começo do quarto set marcando três aces seguidos. Apesar do Valinhos abrir 4/0 no placar, o Flamengo não se abateu e começou a pontuar: primeiro com infração na rede do Vôlei Valinhos e depois com ace de Ju Mello. O placar marcava 9/5 para o Valinhos quando o técnico Alexandre – do time rubro-negro – deu uma chamada em Rafa. Ela entendeu a bronca e logo colocou uma bola na pinta para Angélica cravar na quadra adversária. Era o sétimo ponto do Flamengo que encostava no placar. Na sequência, Angélica colocou mais três bolas no chão para empatar em 10/10. O set continuou apertado até o décimo sexto ponto, quando o Flamengo manteve o controle da parcial, sempre com Angélica ou Jéssica atacando. A própria Angélica foi quem colocou a última bola do set, fechando a parcial em 22/25 e empatando o jogo em 2 a 2, levando a partida ao tie-break.

Natasha entrou no decorrer da partida e foi usada em duas funções: ponteira e oposta – Foto: Marcos Riboli

O último set, por ser mais curto, não aceita erros. O Flamengo não seguiu a dica do seu técnico e começou a errar mais. Jéssica errou passe e Angélica atacou para fora, deixando o Valinhos com vantagem de 5/3. Duda virou mais uma para o time da casa (6/3) e Luisa Scher atacou bola de xeque longe, provando que o time rubro-negro estava abatido em quadra (7/3). Na sequência, Duda marcava seu vigésimo ponto na partida (8/4) e o FlaVôlei parecia não ter forças para recuperar, mas teve. Angélica – sempre ela – deixava o Flamengo a um ponto das adversárias em 9/8. O set seguiu pegado até o finalzinho, quando Dani Perê atacou uma bola que foi para a fora, mas a arbitragem marcou desvio no bloqueio de Rafa Lima. O Flamengo reclamou bastante, mas não teve jeito, era o décimo quinto ponto do Vôlei Valinhos, campeão da Superliga B 2019.

“A bola foi fora e ele marcou dentro. O árbitro decidiu. Não tocou em mim”, reclamou a levantadora Rafa, envolvida na polémica do último ponto do jogo.

 

 

Por: Danilo Goes | Foto de capa: Marcos Riboli

You May Also Like

One thought on “É campeão: Valinhos derrota Flamengo no tie-break e é campeão da Superliga B

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Social Share Buttons and Icons powered by Ultimatelysocial
Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram