Duelo entre brasileiros agita o UFC Nashville

Após uma performance dominante, Jussier Formiga garante a vitória e provoca o atual campeão Henry Cejudo

 

Na luta entre brasileiros, Jussier Formiga domina Deyverson Figueiredo, conquista a vitória por decisão unânime e se aproxima do cinturão dos pesos moscas. O round começou bem equilibrado com muito estudo de ambas as partes.

Os dois se tocaram pouco no alto e Formiga conseguiu a queda, controlou bem e conseguiu montar nos segundos finais. Segundo round começou um pouco mais agitado. Os dois lutadores iniciaram na trocação com muita movimentação até que Jussier Formiga conseguiu aplicar outra queda. Dessa vez foi aos 2 minutos do segundo round.

Faltando pouco tempo para acabar o segundo round, Deyvereon Figueiredo mesmo por baixo conseguiu atingir o Formiga com uma bela cotovelada que fez abriu um grande ferimento que sangrou muito. Com tudo isso, Formiga venceu mais um round.

Leia também: Raoni Barcelos revela suas expectativas para o UFC 237 – Rio de Janeiro

O último round começou com mais uma vez os dois lutadores disputando posição no clinch. Figueiredo partiu mais pra cima, se expôs mais e mais uma vez Formiga aplicou a queda e venceu mais um round. Ao ser declarado vencedor, Formiga desafiou o campeão da divisão de moscas. “O (Henry) Cejudo é um fanfarrão! Ele tem que defender o cinturão dele contra mim”, disparou.

Na luta principal, Anthony Pettis nocauteia Stephen Thompson e garante o bônus de ‘Performance da Noite’ do UFC Nashville.

A luta principal que prometia muito entregou o que se esperava. O ex campeão dos pesos leves, Anthony Pettis subiu de categoria para pegar o ex desafiante ao títulos dos meio médios e número três do ranking – Stephen Thompson.

Logo assim que a luta começou, foi possível notar a diferença de tamanho entre os atletas. Thompson começou com sua base de carateca e usou muito os chutes para medir a distância. Anthony “Showtime” Pettis fez jus ao apelido e deu um show. Começou usando muitos chutes no corpo e arriscou alguns chutes rodados bem plásticos. A torcida foi a loucura com o fim do primeiro round.

Os atletas voltaram bem mais agressivos no segundo round. Pettis apostou mais nos chutes baixo e marcou a perna esquerda de Thompson que usava muito as combinações de mãos. Faltando 6 segundos para o término do round, Anthony Pettis usou a grande e lançou um “superman punch” que acertou o queixo de Thompson e protagonizou um dos nocautes mais impressionantes da história do UFC.

Pettis nocauteou o seu adversário. Foto: UFC Espanol

O  co-main event aconteceu na categoria peso-pesado  entre Curtis Blaydes x Justin Willis. O duelo prometia muito pela encarada tensa entre os pesos pesados mas decepcionou dentro do octógono. O combate começou muito tenso, mas Blaydes tratou de usar o wrestling e garantiu a vitória por decisão unânime em uma luta bem morna.

A brasileira Jennifer Maia leva vantagem na trocação e vence Alexis Davis por decisão unanime. A Paranaense conquistou sua primeira vitória no UFC. Ela venceu a experiente Alex Davis por um triplo 29-28 e se mantém viva no peso mosca.

Jennifer Maia em ação. Foto: UFC Espanol.

 

CARD PRINCIPAL

Anthony Pettis venceu Stephen Thompson por nocaute aos 4m55s do R2

Curtis Blaydes venceu Justin Willis por decisão unânime (30-27, 30-26 e 30-25)

John Makdessi venceu Jesus Pinedo por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)

Jussier Formiga venceu Deiveson Figueiredo por decisão unânime (30-27, 29-28 e 29-28)

Luis Peña venceu Steven Peterson por decisão unânime (triplo 30-27)

Maycee Barber venceu JJ Aldrich por nocaute técnico aos 3m01s do R2

 

CARD PRELIMINAR

Bryce Mitchell venceu Bobby Moffett por decisão unânime (triplo 29-28)

Marlon Vera venceu Frankie Saenz por nocaute técnico a 1m25s do R1

Jennifer Maia venceu Alexis Davis por decisão unânime (triplo 29-28)

Randa Markos venceu Angela Hill por finalização aos 4m24s do R1

Chris Gutierrez venceu Ryan MacDonald por decisão unânime (triplo 30-27)

Jordan Espinosa venceu Eric Shelton por decisão unânime (29-28, 30-27 e 30-27)

 

 

Por: Fellipe Quintella | Imagem de capa: UFC Espanol

You May Also Like

One thought on “Duelo entre brasileiros agita o UFC Nashville

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Facebook
Facebook
YouTube
YouTube
Instagram